pt Portuguese
zh-CN Chinese (Simplified)en Englishfr Frenchde Germanit Italianpt Portuguesees Spanish

Quando perdemos um filho é como se a vida se desviasse. Maria passou por essa provação, quando viu seu filho, Jesus Cristo ser condenado e morto. Foi no colo de Maria que Jesus repousou pela última vez e depois ressuscitou. A imagem de Jesus morto nos braços de sua mãe está eternizada na obra Pietà de Michelangelo que é a expressão mais bela e aguda desta dor que não tem nome e representa na história um significado que o tempo não pode apagar.

Buscando acalentar essa dor silenciosa, o Cristo Protetor de Encantado recebeu na quinta-feira (7) uma iluminação diferenciada com o manto em tom de laranja e seu coração vermelho pulsando numa frequência de 12×8 para trazer fé aos corações dos pais que perderam seus filhos. O evento realizado pela ONG Amada Helena com o apoio da Associação Amigos de Cristo, fez parte das atividades da 3ª Semana Gaúcha do Luto Parental.

Um pouco antes do pôr do sol, a ONG Amada Helena realizou uma pequena celebração nas costas do Cristo. Após os fiéis subiram a rampa com uma vela na mão e ao chegar na frente do Cristo Protetor, cada pessoa fez sua oração silenciosa pelos seus entes queridos e o Cristo recebeu a iluminação nos tons da ONG que permaneceu até às 22h.    Assim como o Cristo Protetor é a representação do filho ressuscitado e da fé, a atividade teve o intuito de mostrar que, quem amamos nunca perecerá, porque continua vivo dentro do coração de quem o ama.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *