pt Portuguese
zh-CN Chinese (Simplified)en Englishfr Frenchde Germanit Italianpt Portuguesees Spanish

O governador do Rio Grande do Sul, Ranolfo Vieira Júnior, esteve na tarde chuvosa do sábado (14) visitando o Cristo Protetor de Encantado. O vice-presidente da Associação Amigos do Cristo Robison Gonzatti, recepcionou o governador e a primeira-dama, Sônia Vieira. “É uma alegria muito grande recebê-los no nosso Cristo Protetor, essa é uma obra de fé e gratidão do povo encantadense”.

Após chegar ao pedestal do monumento acompanhado pelo prefeito de Encantado, Jonas Calvi, o governador subiu até o nono andar, onde está o coração do Cristo, e de lá vislumbrou Encantado e o Vale do Taquari. “Este é um sábado especial e abençoado. A vista que temos do coração do Cristo, para toda a região do Vale do Taquari é extraordinária”.

O governador Ranolfo Vieira Júnior anunciou o depósito do valor, referente ao convênio entre Estado e prefeitura do programa Pavimenta RS, que foi divulgado em dezembro do ano passado em solenidade que aconteceu aos pés do monumento para a pavimentação de 2,28 quilômetros da estrada em direção ao Cristo. “Na sexta-feira fizemos o depósito de R$ 4 milhões que vai ajudar a viabilizar o acesso asfáltico até a estátua. O turismo significa desenvolvimento econômico, e esta iniciativa é de extrema importância não só para o desenvolvimento de Encantado, mas de todo Vale do Taquari”. Conforme o projeto, o trajeto que será asfaltado contempla também o passeio lateral com calçada.

Saiba mais

A altura total do Cristo Protetor de Encantado mede 43,50 metros, sendo 37,50 metros da estátua e 6 metros do pedestal. A envergadura dos braços tem 39 metros. A parte escultural da estátua do Cristo foi iniciada em 2019 e concluída no final de abril de 2022. A visitação pode ser feita aos sábados, domingos e feriados pelo valor de R$ 20. Os visitantes podem acessar o entorno do Cristo, não sendo possível ainda subir até o coração, pois o monumento e seu entorno seguem em obras. O Cristo está sendo construído com recursos oriundos da comunidade, empresários e dos ingressos comercializados.

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *